domingo, 31 de janeiro de 2016

Roubo de porcelanatos na obra

Bom dia queridos, em meio a tantos problemas e decepções, o mundo desabando sobre nossas cabeças, resolvemos fazer uma pequena viagem, até mesmo para decidir o que fazer com a casa, continuar ou parar.
Fomos para Guarapari ES, uma cidade praiana. Foi uma viagem rápida para pensar melhor e refletir sobre tudo que estava acontecendo.
No segundo dia que estávamos lá, uma futura vizinha minha, me ligou avisando que tinham entrado na minha obra e carregado algumas caixas de porcelanatos. Ficamos arrasados.
Viemos embora no mesmo dia. Quando chegamos os vizinhos já sabendo da nossa situação nos mostraram tudo, quem pegou, para onde foi levado e etc.
Meu porcelanato tinha sido levado para uma casa também em obra na parte mais alta do meu bairro. Ao chegar lá, inacreditavelmente, o meu porcelanato polido 80x80 cm estava sendo colocado em uma garagem, isso mesmo porcelanato polido na garagem.....
Fomos para delegacia, os policiais nos acompanharam, e ao chegar na obra encontraram a casa fechada, todos os pedreiros tinham ido embora, a garagem com o porcelanato colocado e algumas caixas guardadas no interior da casa. Fizemos um boletim de ocorrência (BO) e colhemos informações de testemunhas que disseram quem roubou o porcelanato.
As pessoas que pegaram o material na minha casa, eram funcionários da construtora.
A história que apuramos foi a seguinte: a dona dessa casa onde foi colocado o piso na garagem, estava pressionando o dono da construtora para terminar sua casa, faltava apenas o piso da garagem. Ele por sua vez, pediu aos funcionários que pegassem na minha casa porcelanatos, como se fossem da construtora, para terminar a casa dessa moradora.
Sorte a minha, que mais uma vez tinha o cupom fiscal desses materiais em meu nome.
Bom pessoal nada foi feito até o momento. Mais uma vez ficou por isso mesmo. A polícia disse que não foi flagrante e por isso não tinha o que fazer a não ser o BO.
A pergunta que fica é, como terminar nosso refúgio, faltando 16 metros quadrados de porcelanato que foram roubados e outros quebrados pelo mal armazenamento da construtora, mantendo o projeto inicial de colocar o mesmo piso em toda casa? 
Tenho várias fotos, mas para não expor a moradora dessa casa que é inocente vou postar apenas o porcelanato assentado na garagem.



Meu porcelanato guardado dentro da casa.

Porcelanato sendo assentado na garagem


quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Difícil Decisão

Bom dia amigos, hoje vou continuar a história da construção do meu refúgio. Depois do sumiço da construtora e da liberação total do meu financiamento, ficamos sem "chão".
Mas pensando com mais frieza tínhamos duas opções, fechar a obra e esperar a decisão judicial, como foi o conselho do nosso advogado, ou "arregaçar as mangas" e tentar terminar nosso sonho com recurso próprio. Lembrando que teríamos que arcar com um valor mensal referente aos juros do financiamento da Caixa Econômica Federal quase no valor das prestações, porém que não abateria nenhum centavo na nossa dívida.
Parecia mais lógico esperar que tudo se resolvesse, porém como sabemos que questões judiciais são lentas e com medo de depredações e roubos, convenci meu esposo a recomeçar, a terminar do nosso jeitinho e sem pressa a nossa casinha.



terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Ralo Click ou Ralo Linear

Olá pessoal, tudo joinha com vocês?
Hoje resolvi fazer um post sobre ralos, um assunto que não damos a devida importância até chegar a hora de colocá-los. 
Quando cheguei nessa etapa, da instalações dos ralos, comecei a pesquisar e descobri que além daqueles ralinhos tradicionais inox, existiam no mercado da construção civil, o ralo click e o ralo linear.
Fui em busca de informações e pouco se falava de ambos, a única informação que tive foi no blog Construindo um Castelinho da Alê.
Depois de pesquisar e ler, fui as lojas para conhecê-los pessoalmente e adivinhem.... não encontrei nenhum dos dois modelos na minha cidade.
Foi aí que orcei o valor dos dois em lojas virtuais, vi minha necessidade e cheguei a conclusão que o ralo click me atenderia melhor. Além do valor ser mais em conta, ele era muito bonito e ficaria perfeito nos meus banheiros.
Meu esposo foi contra, disse que se tratava de uma tecnologia muito nova, que a garantia era pouca, a loja dava garantia apenas de três meses, e que pelo valor não valeria a pena.
Mas não teve jeito, ele era lindo! Compramos seis ralos e uma válvula click, pois as cubas da suíte foram esculpidas no mármore, a do lavabo já veio com válvula click, eu resolvi colocar válvula click na cuba do banheiro social.
Depois de morando na minha casinha a quase dois anos, posso afirmar para vocês que foi um péeeeeeeeeeeessimo negócio.
A válvula da cuba já quebrou, os ralos dos banheiros todos quebraram, o do meu lavabo além de quebrar, oxidou, está todo manchado. O único que continua funcionando é o da varanda da minha suíte, que quase não uso.
Eu não sei dizer a marca desses ralos, sei que são made in china, rsrsrsr, como quase tudo que compramos hoje em dia. A loja virtual que comprei foi Banho e Metal. A loja me entregou certinho. O único problema foi a qualidade dos produtos.
Como já comentei aqui pretendo fazer uma cozinha gourmet, um espaço gostoso para desfrutar com a família e com os amigos. E quando estiver nessa fase vou usar com certeza o ralo linear. Que hoje já encontro na minha cidade da marca tigre.
Pessoal essa foi a minha experiência, talvez haja no mercado hoje esse produto com qualidade. Vale a pena pesquisar e comparar.
Ralo Click (imagem retira do google)

Ralo Linear (imagem retirada do site da tigre)



Ralo da varanda da suíte, o único inteiro.


Ralo da minha suíte que ainda nem uso, está sem terminar. E olha lá o ralo quebrado tive que improvisar essa "peneirinha" para não entrar bicho.

Minha cuba do banheiro social também com válvula click quebrada.

Esse é o ralo do meu lavabo, gente olha a situação..... Todo manchado!

Meu lavabo, ele também está quebrado, deixo assim para não ficar o buraco aberto. Terei que trocar todos.


sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

O financiamento com a Caixa Econômica Federal

Hoje vou continuar contar minha história, esse post seria polêmico se eu pudesse colocar aqui tudo que penso, mas não posso, vocês entenderão porquê.
Com o sumiço da construtora, fomos até a Caixa ver quanto restava do nosso financiamento para liberar. Com esse dinheiro tentaríamos contratar outra construtora ou um pedreiro por nossa conta para terminar nosso duplex.
Levamos um susto, vocês não vão acreditar, todas as parcelas do nosso financiamento já tinham sido liberadas, restavam somente um pequeno valor referente ao habite-se, uma parcela liberada somente após término do imóvel, como ressarcimento de despesas com documentação.
(Esse valor só é liberado quando conseguimos uma certidão de que a casa cumpriu o projeto e a legislação local exigidos pela prefeitura. Bom pessoal não sei falar para vocês com propriedade sobre esse assunto. Apenas estou colocando aqui com minhas palavras o que entendi. Se algum de vocês souber mais alguma coisa sobre o assunto, pode deixar nos comentários pois será de grande utilidade para todos nós leigos no assunto.)
Pedimos para conversar com o gerente, este nos explicou que não poderia fazer nada, pois financiamos a obra, a escolha da construtora seria de nossa responsabilidade.
Mas e as vistorias obrigatórias feitas pelo engenheiro da caixa para liberação das parcelas?
Como ele teria liberado todo nosso dinheiro com a casa naquelas condições?
São algumas das perguntas que até hoje procuro respostas.
Só para esclarecimento, a Caixa Econômica Federal libera recursos do financiamento de auto construção como ressarcimento pela parte da obra já executada.
Resumindo estávamos sem dinheiro, com uma grande dívida e sem o nosso sonhado lar.
Abrimos um processo contra a CEF e contra a construtora.
Apenas suspeitamos de facilitação de liberação de recursos indevido por parte de um funcionário da CEF. Que descobrimos mais tarde, tinha grau de parentesco com pessoas da construtora. Não há como afirmar nada, nosso processo segue, e eu infelizmente ainda não posso comentar aqui detalhes com vocês.
Quero deixar claro que o objetivo desse post e do blog em geral não é denegrir a imagem de ninguém. são apenas fatos que aconteceram comigo e escrevo para que outras pessoas tomem cuidados que eu não tomei.
Se me perguntarem se voltaria a financiar um imóvel pela CEF, eu diria que sim. Não posso julgar uma instituição inteira pelo que aconteceu na minha agência, especificamente comigo.
Apenas leiam mais, não assinem qualquer documento, eu sei que na hora só pensamos na realização de um sonho, mas que podem  trazer muitas dores de cabeça se feito sem pensar.
Segue fotos de como deixaram minha casa.




Minha cozinha

A casa ainda sem fiação elétrica



Fundos do meu duplex

Telhado sem terminar


Quarto do meu filho

Minha suíte

Lugar onde ficaria minha banheira de hidro

Visão da minha escada e um pouco da minha sala de jantar

Meu aquecedor solar sem instalar

Muro da frente sem terminar, sem relógio hidráulico de elétrico

Perspectiva geral da casa




O sumiço da Construtora

Bom dia amigos!
Quando voltei para minha cidade e encontrei meus porcelanatos, dei logo um jeito de trazê-los para minha casa, paguei um frete e pedi que os buscasse, coloquei tudo dentro da minha construção. Eu sabia que não me daria nenhum problema pois eu tinha Cupom Fiscal da compra em meu nome guardado. Sorte que eu tinha esse Cupom guardado.....
Meus problemas estavam apenas começando!!!
Os pedreiros começaram a faltar, o serviço não saía e a casa do mesmo jeito.
Um certo dia, um funcionário me disse que era o ultimo dia dele na obra, Tinha pedido conta por falta de pagamento.
Meu esposo e eu fomos até o dono da construtora conversar com ele, a obra estava praticamente parada, ele nos contou uma historinha e pronto, ele era bom de lábia.
Os meses foram passando e o tempo para entrega de nossa casa chegou e nada.
Os pedreiros sumiram todos, o bairro ficou sem terminar, o pessoal da construtora sumiu, ninguém nos atendia mais.
Muitas casas do meu loteamento foram terminadas e entregues e outras, assim com a minha, não.
Meu sonho estava por uma fio!!!


Meus porcelanatos dentro da minha futura sala

Peças quebradas e caixas abertas

Azulejos misturados e abertos

Mais peças quebradas e muito prejuízo


Situação das ruas que a construtora deixou. Acreditem segundo a construtora consta uma rua nesse barranco.

Minha casa sem terminar

Visão de como o bairro foi deixado.



terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Mais problemas a vista!!!

Bom dia a todos.
Quem me acompanha desde o inicio, sabe que o meu projeto era para um terreno plano. Você poderá lembrar aqui: Construindo meu refúgio: Duplex dos sonhos.
Porém a construtora não retirou toda terra que deveria, deixou o terreno plano, mas não no nível da rua. Sendo assim, quando cheguei de viagem, o pedreiro chegou e disse para mim como eu gostaria da escada que daria acesso a nossa casa.
Como assim escada????????
Na planta não tinha escadas........
Com muita correria e sem muito tempo para pesquisar, pensar e escolher desenhei alguma coisa rápida.
Para piorar a situação meu porcelanato 80x80cm que eu havia comprado com tanta dificuldade ainda não tinha aparecido. O que eu tinha encontrado naquele cemitério de materiais, foram alguns azulejos e mais nada.
Comprei este porcelanato para ser colocado em toda casa, nos pavimentos inferior e superior, afinal minha cidade é muito quente, por esse motivo não comprei laminados para os quartos.
Fiquei como louca no loteamento, entrando em todas as casas em construção, perguntando a todos os funcionários e futuros moradores e ninguém falava nada.
Foi aí que um funcionário me disse que bem na entrada do bairro, em uma casa em construção havia algumas peças guardadas e que talvez o meu material pudesse está lá, misturado no meio.
É claro que fui lá né gente.....
E encontrei parte do meu porcelanato, caixas abertas e rasgadas e também misturadas com outros que não eram meus.
Revolta Total!!!!!!!!!!
Segue novas fotos que comprovam o que estou dizendo.

Minha casa com muro na frente para conter a terra e escadas
Minha casa com telhado e ampliações já feitas

Casa onde encontrei meus porcelanatos  

Porcelanatos misturados e abertos

Algumas caixas do meu material

caixas faltando peças

outros materiais que não eram meus e também estavam na mesma situação


Corredor lateral, por onde entrei para encontrar meus porcelanatos nos fundo da casa